Páginas

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

7º BookCrossing Blogueiro: Minha participação

Imagem de banner "Carpe Librum" (Aproveite o Livro) para minha participação no 7º BookCrossing Blogueiro
"Aproveite o Livro"
Hoje é 15 de novembro, feriadão prolongado no Brasil, dia em que se comemora a Proclamação da República do Brasil, eu proclamei a alforria de um livro meu. Quer dizer, a esta hora já não o é mais! 

Quando a Luma Rosa, do blog Luz de Luma, Yes Party e Draft to the Draft, promotora do movimento BookCrossing Blogueiro, lançou o desafio deste projeto para blogueiros ou não, para libertarmos livros encarcerados nas nossas estantes, achei que não seria capaz de participar. Não por grande apego aos meus livros. Simplesmente porque a maioria dos meus livros não estão aqui comigo em Lisboa!

Imagem da capa do romance "Já É Tarde Há Muito Tempo" de Enrico-Maria Parodi e bilhete do BookCrossing Blogueiro

Escarafunchei nos poucos que aqui estão e encontrei o romance “Já É Tarde Há Muito Tempo” de Enrico-Maria Parodi, da Papiro Editora, libertado hoje pela manhã depois de levar o filho ao infantário, num ponto de ônibus (parada de autocarro) no caminho de volta.

Imagem da contracapa do romance "Já É Tarde Há Muito Tempo" de Enrico-Maria Parodi

Despedi-me dele desejando que quem o encontrasse gostasse da prendinha e aproveitasse a leitura. Com este sentimento cheguei logo em casa e antes de editar as fotos feitas quis fazer um banner com este lema: aproveite o livro. E para ficar bem metido tratei de colocar a frase em latim, logo verificando na web sobre livro, onde no Wikipedia “… O papiro consiste em uma parte da planta, que era liberada, livrada (latim libere, livre) do restante da planta - daí surge a palavra liber libri, em latim, e posteriormente livro em português.” Também encontrei a forma librum do latim. Pronto… o papiro que antes servia para transformar-se em papel é o nome da editora da obra liberta, e esta última (liberta) origina a palavra livro. Este precisava mesmo ser desencarcerado!

Duas fotos do ponto de ônibus onde foi libertado o romance "Já É Tarde Há Muito Tempo" de Enrico-Maria Parodi

E assim fiz, antes colocando junto um aviso de que ele não se encontrava perdido e quem o encontrasse poderia leva-lo participando desta maneira da aventura em prol democratização da leitura.

Ilustração da mensagem que seguiu com o livro libertado para a 7ª Edição do BookCrossing Blogueiro 

Para o próximo BookCrossing Blogueiro vou já me organizando e quem sabe lá no infantário do Miguel ano que vem alguém também queira participar deste ou do BookCrossing Blogueiro Kids (este ano em sua 1ª versão) patrocinado pela Trícia do blog “Espelho de Si”. Para maiores informações  sobre ambos projetos, basta clicar nos links abaixo de cada um dos banners a seguir.



http://luzdeluma.blogspot.com.br/search/label/Bookcrossing

6 comentários:

  1. Esse projeto é muito legal e a cada ano cresce mais em numero de participantes!Adorei!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. adorei o livro, a forma escolhida para libertá-lo. não peguei o livro, mas peguei uma boa dica de leitura! um bjo! bom fds!

    ResponderExcluir
  3. não sei se meu comentário entrou ou nao rs. a página travou. bjos

    ResponderExcluir
  4. Não poderia ser diferente. Luciele fez da sua participação algo muito especial, com ensimamentos culturais em latim. Perfeito. Tbém com o uso o termo "infantário". Palavra do seu cotidiano e que eu não conhecia.

    ResponderExcluir
  5. Tão triste que esse ano não pude participar, porque os livros que estou lendo estão na casa da minha avó, e a minha avó não se desfaz de nada.. praticamente uma hoarder.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Luciene!!
    Não conheço o autor, mas o título é bem sugestivo! :) Acho que rapidinho resgataram o seu ex-livro :D Aí em Portugal, o Bookcrossing está bem difundido!! Ah, ponto de ônibus é o melhor lugar!!
    Obrigada por participar do BookCrossing Blogueiro!! Fiquei muito feliz com a sua presença!!
    Beijus,

    ResponderExcluir

Deixe-me saber um pouco do que você achou deste post. Seus comentários e sugestões são sempre entendidos como uma generosa doação do seu tempo. Obrigada!