Páginas

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Love, actually, is all around

Há filmes, que por alguma razão não muito coerente, nos apaixona.  Foi  o  caso  de  Love Actually  (Simplesmente  Amor/Brasil  e  O  Amor  Acontece/Portugal), cuja melhor crítica encontrei neste site. Conta várias estórias de amor durante a véspera de Natal em Londres e Marselha.

Como  filme  de Natal,  tem sido  reprisado  em  todo o mundo nesta época.  Não é assssiiiiiimmmm como A Felicidade Não Se Compra ou o Milagre da Rua 42, mas está quase virando um clássico.

Outra coisa que me conquistou no filme foi, além do maravilhoso elenco, a trilha sonora: equilibrio perfeito!

Adoro comédia romântica desde criancinha, e ao ler isso vocês podem até dizer bláh. Mas olha, tudo o que é romântico e amoroso é piegas mesmo, graças a Deus.

Escolhi a cena de abertura deste filme como minha mensagem de Natal a vocês que estão "Colados" comigo, aos que chegam devagarinho e com os quais fico feliz só por saber que chamei sua atenção.

Se você quizer dizer a alguém, próximo(a) ou não, que você o(a) ama, aproveita que a hora é essa. Como dizem no filme, afinal é Natal. Muito amor para vocês. Feliz Natal!


Cena inicial do filme Love Actually neste link


Texto do monólogo da primeira cena

"Sempre que fico triste com o estado do mundo,
penso na porta das Chegadas do Aeroporto de Heathrow.

A opinião comum é de que vivemos num mundo de
ódio e ganância, mas eu não vejo isso.
A mim parece que o amor está em todo o lado.

Pode não ser particularmente reconhecido ou
digno de notícia, mas está sempre presente: pais e filhos, mães e filhas...
maridos e esposas, namorados, namoradas, velhos amigos.

Quando os aviões atingiram as Torres Gêmeas, ao que sei,
nenhuma das chamadas telefônicas dos passageiros a bordo
foram de ódio ou de vingança, mas sim de amor.
Se procurarem bem verão que estão, na verdade, rodeados de amor."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-me saber um pouco do que você achou deste post. Seus comentários e sugestões são sempre entendidos como uma generosa doação do seu tempo. Obrigada!